Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

A música - Pintura

Imagem
Um som ou alguma coisa verdadeira a existir. A nascer, a crescer, a viver. Uma coisa verdadeira e infinitamente bela a agitar-se no ar do salão. Um lamento. Uma angústia a transformar-se de repente numa alegria grande. A caminhar, a correr, a dançar.
Um sonho bom a transformar-se numa alegria branda.
Glória e espanto. Um som a existir muito. O ar do salão cheio de um milagre invisível. Um segredo profundo a atravessar-nos. Cores. Nenhuma cor. Água, silêncio. Um som ou alguma coisa verdadeira. Tudo isto e nada disto era a música.

Excerto de "Uma casa na Escuridão" de José Luís Peixoto e que em parte serviu de base para este trabalho.

A Música - 2012
Óleo sobre Tela
50x60cm

Livros e Pintura

Imagem
Nas últimas semanas alguns do meus livros não tiveram sossego e isso poderia acontecer porque estaria a lê-los ou relê-los....mas nesse caso o propósito foi outro e teve a ver com o facto de eu ter que criar 3 telas para participar numa exposição colectiva de pintura (embora diga-se que uma delas, das telas, é que efectivamente tenha dado mais incómodo aos meus livros, pois ainda foram uns quantos aqueles que tiveram de sair do seu cantinho habitual, do seu quase eterno sossego, e passarem a estar espalhados por aqui e por acolá, correndo o risco de serem pincelados ou manchados de tinta ou outro produto envolvido no processo). Dizem que às vezes é preciso fazer sacrifícios...talvez esse tenha sido o sacrifício deles.

As ideias surgidas à volta do tema "o Livro" foram muitas, contudo, devido relativa falta de tempo (digo relativa porque muitas vezes essa questão é mesmo relativa), não me consegui "esticar" tanto quanto gostaria porque sei que se o tentasse fazer, co…

Na hora de por a mesa...a saudade

Na hora de por a mesa....Título de um texto da autoria de José Luís Peixoto que me vem muitas vezes ao pensamento e isso acontece por diversas razões. Uma delas é a relação entre a aparente simplicidade do texto e aquilo que o próprio texto transmite. Podemos ser mais ou menos do que cinco pessoas na hora de por a mesa, mas certamente em algum determinado momento da nossa vida acabamos por sentir a falta de qualquer uma dessas pessoas quando elas, por algum motivo, já não estão presentes. Sentimos a falta de partilhar momentos com essas pessoas, de comunicar com elas. No texto temos o exemplo do "sentar à mesa", algo que representa um momento de partilha familiar que nos dias de hoje se calhar se torna cada vez  menos frequente e em muitos casos é também o único momento do dia em que uma família consegue estar toda junta e partilhar certos aspectos ou momentos das suas vidas, nem que seja apenas por alguns minutos. Nas restantes horas do dia, ou estão fora de casa ou estão e…