Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2008

Até à próxima

Imagem
Eras uma adolescente e o tempo passou e a vida foi dando as suas voltas e num dia como os outros eis que apareces de novo em forma de foto acompanhada por algumas palavras. Olho para trás e o imenso tempo que se passou faz-me pensar que por este ter sido tanto é como se pudesses ter sido uma criança em vez de teres sido uma adolescente.

Ler as palavras que acompanhavam a tua foto foi como te reencontrar e trocar dois dedos de conversa contigo, foi questionar-me por onde andaste ao longo de todos estes anos e que transformações sofreste enquanto crescias e o tempo passava, quais foram as cores dos caminhos que percorreste?!
Como há coisas que acontecem por acaso [para quem acredita no acaso], ou talvez não, tive a oportunidade de te encontrar pessoalmente no dia seguinte e é como se me tivesse sido dada uma hipótese de ter as respostas para as minhas perguntas que surgiram depois de ler as palavras que acompanhavam a tua foto naquele papel. Aquele encontro fugaz no meio da multidão foi …

Water Drops

Imagem
De tempos a tempos dou por mim a procurar os fragmentos que não encontro e por entre pingos de água gelada e os ventos escaldantes, tento não desistir dessa procura, e tento não desistir porque acredito que no final irei encontrar alguma coisa. Alguma coisa que valerá a penao esforço e a persistência [algo que nem sempre arranjo] e acho que se não acreditar nisso, então não estou aqui a fazer nada e uma existência em que não se faz nada e na qual nada se ambiciona, talvez nem se possa designar de "existência", mas somente de marcar uma presença.
Dentro dum saco misturo tudo o que tenho, e tudo o que tenho pode-se resumir a boas qualidades e más qualidades e tento sempre que o resultado final seja o melhor possível, seja aquele que consiga agradar o maior número de pessoas que de uma forma ou doutra estão relacionadas comigo. Tenho tido muito sucesso? Nem por isso.... Talvez o meu saco esteja rasgado e eu esteja a perder fragmentos importantes.
Alguém dizia uma frase com a qu…

Palavras ao acaso ou talvez não

Imagem
Pensava que já tinha mudado de "entretenimento" nesta minha visita ao parque de diversões, mas afinal vejo e sinto que ainda estou na montanha russa, onde a linha recta e a ligeira subida deram origem a uma descida acentuada e rápida, alternada com alguns pequenos saltos. Saltos esses tão agitados como um acervo de sentimentos a ferver dentro de um caldeirão de vidro, onde as bolhas se sobrepõem umas às outras tentando abrir caminho para fugir dali para fora. Até se aperceberem que não vale a pena lutar contra a temperatura que os exalta, pois o lugar dessas bolhas é ali dentro e quando uma tenta sair, vem logo outra atrás que a empurra para o fundo novamente. Assim será até a temperatura baixar.....
Palavras que ficam ao acaso e que um dia pretendiam se transformar na representação escrita de um estado de espírito em constante mudança. Agora servem apenas de pretexto para serem mais um "post" se por ventura não se encaixarem no resultado final e corrente do dia de…

Fire of Antólia

Imagem
"Houve um fogo numa montanha imortal, Nemtut, cujo cume se estende até aos céus. Primeiramente tudo era fogo, toda a criação, e depois emerge das chamas com a linguagem sagrada do tempo e oferece-se ao Sol. No lugar onde o Este se reuniu com o Oeste, antes do primeiro memorando pela paz mundial no monte do fogo, em Anatólia. Prometheus trouxe o fogo à Humanidade e fluiu como um rio de luz através da terra, propagando-se e testando a vida."
Ontem, durante fragmentos do meu tempo estive sentado perante um espectáculo que me levou para bem longe e nem foi preciso sair do lugar onde estava sentado. Fui para um lugar onde o mundo que estava lá fora ficou de parte durante aquele espaço de tempo e continua a ficar de parte durante o tempo que lá regresso através dos fragmentos que a memória conseguiu guardar.

Estar no escuro e ser envolto no som da música, que só por si já é um bilhete válido para viajar para bem longe) e poder assistir a cerca de 30 pessoas a viverem a música e ao …