Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2008

Circles

Imagem
Poderia isto ser a representação de um caminhar? Seria algo confuso...

Por mais que tentemos adiar o confronto com os nossos compromissos, nunca conseguiremos adiar o nosso futuro porque este está sempre a esbarrar contra nós segundo a segundo, minuto a minuto e mesmo que nos tentemos acomodar aos pequenos círculos do dia a dia sabemos que um dia temos de ir em frente, nem que seja a rodopiar como um pião que deixa um rasto definido por ondulações de círculos.Podem ser compromissos complicados como podem ser compromissos tão simples como respirar, mas que no entanto, por serem simples não quer dizer que sejam menos importantes! O que é que é mais importante do que respirar? Um procedimento tão simples que nem pensamos que o estamos a desempenhar (a não ser que se esteja constipado ou com outros problemas respiratórios :) , mas isso é outra história e não interessa agora), ao contrário de outras coisas que têm de ser reflectidas e analisadas afim de terem direito a uma data e hora, pod…

Viajens

Imagem
Talvez por falta de estímulos, ou outra razão que me priva de encontrar assuntos, palavras, letras, ou de um modo geral, fragmentos, que preencham esta casa. Porque não é da minha vontade que esta ela seja atingida por uma avalanche de pó e muito menos que se degrade devido à ausência de vida, hoje abri as portas e janelas, retirei os lençois que cobriam os sofás e as camas e deixei a luz invadir este espaço juntamente com a respiração das árvores que fazem companhia a esta casa. Partimos em certas viajens guiadas pela distração e comandadas pela realidade, pela realidade que pode provir dos sonhos[utópicos ou inconscientes]. Viagens incertas, sem destino definido e sem regresso garantido, tal como a nossa presença aqui, mas mesmo assim sabemos que tem de ser assim e também sabemos que por mais coisas que façamos, nunca faremos tantas quanto gostariamos durante a nossa estadia ou durante quaisquer viajens por aqui, por acolá. Quem sabe se isso é a razão que nos faz voltar?! Quem sabe …

Onde está...

Imagem
A família não estaria completa sem o elemento que o escultor esqueceu-se de esculpir naquele dia : )

Life Meanings I

Há quem diga que a vida é um sonho constante durante o qual não conseguimos acordar.
E se durante esse sonho prolongado, que é a vida, somos capazes de ter outros sonhos, uns bons e outros nem por isso, o mesmo acontece durante o "sonho principal" onde a realidade, muitas vezes ficticia, nos agarra e enrola nas suas longas raizes emaranhadas.

Pascal dizia:
«When I consider the short duration of my life, swallowed up in the eternity that lies before and after it, when I consider the little space I fill and I see, engulfed in the infinite immensity of spaces of which I am ignorant, and which know me not, I rest frightened, and astonished, for there is no reason why I should be here rather than there. Why now rather than then? Who has put me here? By whose order and direction have this place and time have been ascribed to me?»

Para terminar este post deixo aqui um video de Katie Melua - "If the lights go out".

No limiar

Imagem
Naquele dia da semana que não era dia de semana por ser um dia diferente dos restantes, na tarde daquele dia, a familia juntou-se toda, ou quase toda, ou pelos menos o que puderam estar presentes, ou pelo menos os que realmente eram precisos estarem presentes. Depois de atravessarem um enorme corredor de árvores, juntaram-se todos naquela pequena capela onde baloiçava um ambiente de nostalgia e de liberdade, despreocupação. Entrei lá mas afinal não estava ninguém e talvez tenha imaginado aquelas pessoas em algum daqueles sonhos repeltos de incoerência, surrealismo, e encontrava-me agora desperto para a claridade que mesmo assim era ofuscante e no meio do silêncio que animava todos os espaços daquele lugar, sentei-me no chão de pedra, apoiando o queixo sobre as mãos e os cotovelos sobre os joelhos. Após algum tempo, e a convite do silêncio, fechei os olhos e entrei na porta do adormecimento e ao fechar a porta olhei para trás e vi grupos de pessoas a sairem com destinos incertos e alea…

You Have Mail

Imagem
O excerto do texto que deixo abaixo foi usado para acompanhar uma exposição de pintura de Diana Costa, denominada YOU HAVE MAIL. Deixo esses fragmentos aqui porque gostei muito da exposição, tanto das pinturas como deste texto que fortalece a ideia que a artista quer transmitir através das suas obras.
Num mundo onde cada vez há mais formas de comunicação, que supostamente deveriam unir as pessoas de forma mais eficaz, é possível obaservar-se situações que mostram exactamente o oposto. Um oposto onde as pessoas parecem estar cada vez mais isoladas, mais fechadas, mais afastadas. No entanto é preciso não devalorizar a importância dos meios de comunicação como a internet e o "quase" indispensável telemóvel, que nos disponibilizam uma imagem daqueles que queremos perto de nós (ou até mesmo daqueles que não queremos sequer ouvir falar), nas pontas dos nossos dedos, tal como diz na música "Falling of a Log" de Tracey Thorn:
"Woke up this morning to the smell of rain
T…