Sensação de paz...



Nos últimos tempos, o meu tempo, tem sido de certa forma dividido entre um estar na realidade e um estar num mundo ligeiramente à parte dessa realidade, como se eu me pudesse esconder momentaneamente numa cápsula ou numa bolha de sabão, de modo a poder abstrair-me do que me rodeia. Essa divisão faz com que pareça ter um limite de tempo, um limite que se vai redefinindo constantemente, podem ser horas, dias, semanas, e nesse limite, tento estar alheio a determinados problemas, a determinadas situações que me levam a becos que nem sei se têm saída. Entretanto chega a hora de regressar à realidade, a bolha explode, espalha-se no ar em ínfimas gotas de água que desaparecem. É uma sensação ambígua. Pode-se dizer que é um pouco como  aquela sensação de Domingo ao fim da tarde ou à noite.
Já que falo em noite...penso agora como sabe bem acordar a meio da noite depois de um sonho que, por mais estranho que seja, nos deixa com uma sensação de paz que nem sei descrever, mas que é como se subíssemos uma montanha. Só que quando chegarmos ao topo vamos ter de a descer. Uma sensação de paz que ao acordar, traz consigo uma lágrima [que parece aparecer do nada] e que essa, ao descer a face, faz-nos querer regressar ao sonho, ou aos fragmentos desse sonho que ainda possam estar na memória após acordarmos. Então, ficamos com uma espécie de saudade e com uma estranha tristeza e resta-nos cair no sono novamente e ver o que nos reserva a mente dessa vez.

   

Comentários

  1. Conheço tao bem este sentimento de acordar com uma indescritível sensação de paz e querer voltar a adormecer...

    ResponderEliminar
  2. Sabes que agora que reli o teu texto, entendo mais do que "vi" quando o li, porque por mais imagens que um sonho possa ter, não há nada que acordar e querer reviver o que se sonhou, por mais estranho que foi o sonho.

    Se não me sair o euromilhões esta noite que me saia a sequela do sonho, já que com tantos neurónios queimados por causa da semana, ao menos teria a cereja no topo do bolo :-)

    Abraço
    Carlos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.8 - John Verdon - Peter Pan tem que morrer ... ou não

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante