Dia dos Amigos

Por estas bandas, celebra-se hoje novamente o dia dos amigos, um dia dedicado ao festejo da amizade. Como não podia deixar de ser, e à semelhança do o que acontece com outras comemorações que ganham um dia especial no calendário, há muitas ideias e opiniões que divergem umas das outras. Para uns trata-se de mais um dia normal na companhia dos amigos do dia-a-dia, na sua versão mais comum, dos colegas de trabalho. Para outros é um dia que merece ser verdadeiramente festejado, mas o facto de o dia ser dedicado aos amigos, talvez para esses não passe de apenas mais um pretexto para poderem fazer coisas que noutro dia da semana, do mês ou do ano, se sentiriam de certa forma mais inibidos ou sem justificação para tal, deixando-se assim dominar por alguns excessos em diversas vertentes. As esses vale que é sexta-feira no dia seguinte e se a consequência for apenas uma ressaca, o fim-de-semana poderá ajudar, ou não.
Para outros, sobretudo para aqueles que frequentemente pensam na amizade e tentam compreendê-la, é um dia em que andar sozinho na rua tem um significado diferente dos outros dias, tem um significado mais pesado que lhes fazem puxar o braço do pensamento para lhes fazer companhia por qualquer trajecto ao ar livre.
Para alguns, é um dia em que aproveitam a oportunidade para agradecer novamente àquelas pessoas que, por algum motivo, são especiais e representam o conceito de amizade. É importante terem a noção que é preciso estar-se grato por haver alguém com quem se possa partilhar as nossas vivências, sobretudo aquelas que não se limitam a conversas acerca do estado do tempo, do jogo de futebol, do vizinho ou do outro colega de trabalho. A vida é mais profunda do que isso e termos pessoas [amigos] que nos possam apoiar nessa caminhada é sem dúvida um previlégio.  

Comentários

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.8 - John Verdon - Peter Pan tem que morrer ... ou não

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante