Transcender

Como seres que sentem e que somos, por vezes somos confrontados com situações que nos fazem querer fazer mais do que aquilo que podemos fazer e dão-nos vontade de nos querermos transceder, mas que, por diversos motivos, ficamos imóveis e apenas transcendemos mais um série de pensamentos. Ficamos imóveis a digerir as palavras e a reflectir no infinito e a calcular as probabilidades disto e daquilo. Ao fim ao cabo pode-se dizer que estamos constantemente a tentar prever o futuro e a equacionar tudo o que nos rodeia, e dessas equações, saem resultados que poderiam originar novas equações e assim consecutivamente. Nunca chegaríamos a lado nenhum se estivéssemos constantemente nesse frenesim e por isso, por vezes apercebemo-nos simplesmente que há coisas sobre as quais não nos devemos preocupar em demasia porque acabam por ser um beco sem saída. É preciso dar meia volta e seguir noutra direcção. O único senão é que, normalmente seguimos determinados caminhos porque acreditamos que eles são os correctos, que nos levarão a algum lado, e no entanto, quando chegamos a um desses becos, sabemos que temos de dar meia volta. A questão que se coloca é como encontrar um caminho alternativo... e isso nem sempre é fácil. Embora muitas vezes se diga "que o mundo é pequeno", ele não o é! Existe um vasto Universo de coisas das quais não fazemos a mais pequena ideia de que existem e daquelas que conhecemos, são poucas as que conhecemos com alguma plenitude.

Comentários

  1. O meio caminho, podia ter sido o título deste texto. De facto assim é. Damos meias voltas ou tenta encontrar-se o caminho alternativo mas... não se encontra. Por outro lado não devemos sbrevalorar algumas coisas que nos impedem. Como referes também.

    Muito bem escrito, como sempre :)

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. ... um solilóquio que te levará a concluir qu,e por vezes. é preferível agir, seguir, sem tanto te questionares...

    Um beijo amistoso,

    ResponderEliminar
  3. Passo para deixar os votos interiores de um Natal com Paz, independentemente da concepção que se tenha dele.

    Com amizade

    Lobinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante

17.1 - Ilusões