Centímetro

Era o inicio de mais um dia e eu, juntamente com as ausências repartidas pelas outras três cadeiras, estávamos a fazer companhia àquelas duas mesas juntas. Juntas como as restantes mesas do café que mais parece um corredor e por isso as mesas têm de estar acasaladas, tornando-se muitas vezes apenas uma mesa em vez de duas porque estão de mãos dadas por baixo dos seus tampos...

Será que se estivessem desviadas 1 centímetro seria diferente?!

Acredito que sim! E sei que outras pessoas também pensam o mesmo, ou pelo menos a maior parte delas porque há sempre excepções à regra, e hoje, tu foste uma dessas excepções. E foste-o porque talvez 1 centímetro não signifique nada para ti ou então porque não havia necessidade de separar as mesas porque essa separação pode ser apenas psicológica, onde um centímetro pode corresponder a um metro!

E foi assim, sentaste-te na cadeira que estaria à minha frente se não estivesse na mesa do lado e permanecemos ali em silêncio, a olhar em direcções opostas sem cruzar o olhar, talvez a pensarmos na mesma coisa ou então a pensarmos em coisas totalmente diferentes porque se calhar eu faria parte daquelas pessoas que ficaria de pé à espera de duas mesas juntas e vazias ou de duas mesas separadas por um centímetro, como se aquele centímetro fosse tamanho da largura de uma rua onde passam os carros, as pessoas e todo o movimento do inicio de um novo dia.

Comentários

  1. ?????? poderia deixar apenas estas "palavras". Por mais vezes que leia o que escreveste e queira entender não consigo. É uma história, uma metáfora?

    A tua sorte é que faltam 9 minutos para voltar para o trabalho e não tenho tempo suficiente para deixar aqui um inquérito e não seria de cruzes :-p

    Um abraço,
    Carlos

    ResponderEliminar
  2. "... porque essa separação pode ser apenas psicológica, onde um centímetro pode corresponder a um metro!"

    Talvez sejam estas as separações que mais sentimos, as que mais doem.

    Não sei se é exactamente aqui que está a ideia que deu desenvolvimento ao texto, mas sinto que estas palavras dizem muito...


    Abraço

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante

17.1 - Ilusões