Combinações

2009 já começou há alguns dias, mas até ao momento parece que tudo não passa de uma simples continuação e ao mesmo tempo o reinício de um ciclo que se repete constantemente como se fosse um jogo de tabuleiro em que após darmos uma volta voltamos ao ponto de partida. Talvez um ponto de partida para depois passar pelas mesmas experiências, esperar pelas mesmas coisas, pelas mesmas datas e repetir os "rituais" que para muitos podem servir de pretexto para sentirem que há objectivos e razões para esperar pelo dia de amanhã. É como se usassemos sempre a mesma base e alterassemos algumas cores tentando criar combinações que nos agradem e nos deêm uma sensação de ter conseguido alcançar alguma coisa nova.

Este será um ano em que o meu ciclo muito provavelmente irá sofrer algumas alterações, que acredito serem um tanto quanto significativas e nesse aspecto dou uso aos meus pensamentos positivos para que tudo corra pela positiva.

Por curiosidade viajei até ao primeiro post que coloquei aqui no meu blog no ano passado e as palavras que aqui deixei foram de certa forma diferentes daquelas que hoje deixo aqui e apesar de naquela altura os pensamentos positivos estarem meio cobertos meio descobertos, acho que este ano eles estão mais camuflados e colados a fragmentos de inquietação. Um estado de espírito que acaba por ficar como o tempo, frio, inconstante e imprevisível, e isto porque o que está dentro de nós, a nossa tranquilidade, é colhida do exterior e se o que vemos à nossa volta são situações de caos, de incerteza, destruição, pobreza (de espírito também), fragilidade, solidão, egocentrismo, entre outras, torna-se complicado gerir um mar dentro de um lago. Só espero que ele não ceda ao frio para não congelar, pois mesmo que se torne sólido, o risco de se quebrar seria eminente.

Comentários

  1. Muitas coisas, senão todas, estão envoltas num ciclo, tudo repete-se ou renasce.

    Gerir um mar dentro dum lago é daquelas expressões que gosto, além de que, dizem muito por serem tão abstractas...

    *Hugs n' smiles*
    Carlos

    ResponderEliminar
  2. Olá, sim a música é de um dos livros que mais me marcou em 2008.
    A sombra do vento, estou agora a ler o segundo do mesmo autror.
    Tenho um post sobre o livro no blog se procurares.
    Tenho também o CD se quiseres posso mandar-te terei todo o prazer em te oferecer.O meu mail está no blog.
    E com isto esquecia-me de comentar o teu post e dizer que gostei bastante de tudo o que nele escreveste.
    Jinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.8 - John Verdon - Peter Pan tem que morrer ... ou não

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante