"A Sombra do Vento" e "O jogo do Anjo"

Provavelmente já ouviram falar de qualquer um desses dois livros de Carlos Ruiz Zafon, tendo em conta o sucesso que andam a ter. No entanto li "A Sombra do Vento" por ter achado a sinopse do livro interessante e também por ter lido alguns comentários favoráveis ao livro.
Não me arrependi de ter seguido o conselho de quem recomendava o livro, antes pelo contrário, e quando acabei de ler "A Sombra do Vento" ficou aquela sensação de querer mais, como se tivesse acabado de ver um filme e quisesse muito que houvesse já uma sequela agendada. Ora, isso não aconteceu, mas depois li a notícia que o escritor havia lançado o livro "O Jogo do Anjo" em Espanha em meados deste ano e foi uma noticia que me agradou bastante, apesar de, naquela altura, não ter conseguido saber nada acerca de uma possível tradução do livro para Português. Felizmente uns meses depois eis que surge nas páginas principais de alguns sites relacionados com a venda de livros a informação de que o livro "O Jogo do Anjo" estaria disponível brevemente. Claro que não hesitei em adquirir um exemplar logo que possível e o que há de mau nisso é que já acabei de ler o livro e de novo veio aquela sensação de querer mais. Isso não significa ambos os livros não tenham tido os seus finais como deviam ter, pois tiveram, mas o entusiasmo e o envolvimento é de tal maneira grande que, quando estamos imersos naquele mundo e parece acompanhamos as personagens e vivemos aquela história, não dá vontade de chegar à última página.

Qualquer um dos dois livros são mesmo muito bons, pelo menos na minha opinião (claro), não vou dizer qual o melhor ou pior, e recomendo qualquer um deles. Quem já leu "A Sombra do Vento" certamente que também irá gostar muito de ler "O Jogo do Anjo". Apesar de ambas as histórias serem passadas em Barcelona, mais concretamente entre 1900 e 1950, penso que não é imprescindível conhecer a cidade, pelo que é possível cada um de nós criar a sua própria Barcelona daquela altura à medida que vai descobrindo a história.
Quem não gostaria de visitar um sítio como o "cemitério dos livros esquecidos"?!!

Comentários

  1. Não és a primeira pessoa a falar desses livro. Uma colega de trabalho leu o primeiro, diz que é diferente, mas eu felizmente estou numa teia de palavras vampirescas. Até me ver livre delas, acho que será verão outra vez lol.

    *Hugs n' smiles*
    Carlos

    ResponderEliminar
  2. Olá.
    Vou descendo na tua página e vou gostando cada vez mais.
    Curiosidade. No natal do ano passado, o meu filhote ofereceu-me "A Sombra do Vento" adorei.
    Ficas a conhecer Barcelona, mesmo sem lá ir e se já lá foste, passeias por ela dentro da ´
    página.
    Este ano um amigo perguntou ao meu filhote que livro me havia de oferecer.
    E claro que fui presenteada com "O Jogo do Anjo" que estou a devorar (como posso).
    O giro é que ambos se entrecruzam de uma maneira assombrosa. Como gostaria de visitar o Cemitério dos Livros (para mim uma Catedral)
    Beijo e obrigada por me proporcionares tão lindos textos.
    beijo

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante

16.8 - John Verdon - Peter Pan tem que morrer ... ou não