Recordações

O tempo passa e aproxima-se a altura de ser o mesmo mês, o mesmo dia, mas um ano mais tarde, um ano que engana porque parece que foi ontem e ao mesmo tempo parece que já se passaram mais de doze meses! Contudo isso não interessa porque dizem que a vida vive-se para a frente e não para trás, no entanto sabe sempre bem recordar os fragmentos de vida que ficaram para trás...

Aqueles momentos que foram preenchidos com pensamentos de interrogações, curiosidades e ansiedade, hoje, na mesma data, são preenchidos com pensamentos nostálgicos que fazem repetir no pensamento a ideia do prazer de um passeio, do percorrer ruas e ruas desconhecidas, com os olhos a captarem tudo o que conseguiam, como se fizessem parte da lente de câmara de filmar; o prazer do convívio com as pessoas que se reencontrei, que conheci, e que agora estão Longe; o prazer de acordar para um novo dia quase vazio de preocupações, de tarefas subordinadas a algo ou a alguém; o prazer de conseguir tentar vencer desafios, receios; enfim, o prazer de todos aqueles momentos que se passaram, e que mesmo não sendo extraordinários no seu devido momento ou vistos assim, hoje o são, e o que é pior, é saber que todos eles [momentos] só podem ser revividos naquele mundo de recordações que observo quando abro uma janela. Um mundo de recordações no qual tenho passado bastante tempo ultimamente, a saltar de um lado para o outro, a ir para trás e para a frente alternando entre um sorriso e um entristecimento.

Para abrir essa janela, que me leva a esse mundo de recordações, não é preciso muita coisa, por vezes basta um simples cheiro, um simples som, uma simples conversa, o contraste entre o azul do céu e o verde que rodeia as estradas,o olhar o mar...

Mas agora esta-me fechar a janela e voltar para dentro.

Comentários

  1. Por vezes é preciso fechar a janela para não deixarmos o vento fazer da suas...as recordações quando são boas não há rotina, nem tempo que as impeçam de vir ter connosco mas e as outras como é que podemos fazer com que não sejam parte de nós?!

    O que é curiosidade deixa de o ser e o que é uma interrogação mal tenhamos a resposta fica sem validade...talvez o mundo seja mesmo uma janela que de vez em quando precise de ser fechada...

    *Huga n' smiles*
    Carlos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

16.16 - Portugal - Campeão Europeu 2016

16.14 - "Adoro" quando ... e as orelhas de elefante

17.1 - Ilusões